Geraldo Macedo preside reunião da Zona 5 da CMI em Cuiabá

02 de outubro de 2018

O dia 29 de setembro marcou o início da gestão do presidente da Zona 5 da Confederação da Maçonaria Interamericana (CMI), Geraldo de Souza Macedo. Ele, que também exerce o segundo mandato de grão-mestre da Grande Loja Maçônica de Mato Grosso (Glemt), abriu os trabalhos da Reunião Ordinária da Zona 5 com a presença do presidente da CMI, José Crespo Bonadona (Paraguai); do secretário-geral da CMI, Pedro Longo; também do secretário-geral da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil (CMSB), Jordão Silva e Gaetan Mentor, Soberano Grande Comendador no Haiti. Dezessete grão-mestres se sentaram à mesa para as deliberações e outros cinco representantes de grão-mestrados acompanharam a reunião como observadores. Paulo Henrique, o P.H., Grande Mestre Nacional da Ordem DeMolay, participou como convidado.

“Deliberamos sobre temas diversos de interesse da Ordem e também da sociedade, como o combate à corrupção”, disse Geraldo Macedo

Geraldo Macedo observa que, reuniões como essa são de fundamental importância para a Maçonaria Brasileira. “Deliberamos sobre temas diversos de interesse da Ordem e também da sociedade, como o combate à corrupção”, disse Macedo. Ele destaca que as várias faces da corrupção têm um custo alto que é pago pela sociedade. “Tanto o Ministério Público, a Polícia Federal e a Justiça comprovaram desfalques nos cofres da União, dos estados e dos municípios, o que reduzem a capacidade dos governos de prestar serviços essenciais”, completou.

A Zona 5 da CMI é formada por 32 Grandes Potências, com cerca de 126 mil maçons em mais de 3.905 Lojas, sendo a 2ª maior Zona em número de maçons e a 1ª em número de potências participantes da Confederação Interamericana. Para o secretário da Zona 5, André Leme de Souza (GOE), a primeira reunião sob comando de Geraldo Macedo, eleito para o cargo na 24ª Grande Assembleia Geral da CMI, em Santa Cruz de La Siera, na Bolívia, em abril desse ano, foi como um presente. “Nesse momento em que a Glemt comemora os seus 40 anos de fundação, ter aqui algumas das principais lideranças da maçonaria brasileira, grão-mestres de 17 estados, além de observadores de renome, reforça a importância de Mato Grosso no contexto maçônico”, justificou André.

Grão-mestres que participaram do evento: Ademir Lucio de Amorim (GOE-MT), Amilcar Silva Junior (GOE-MS), Cristian Flores (GOE-PR), José Humberto Bahia (GOE-MG), Gilberto Lima da Silva (GOE-BA), Pascoal Marracine (GOE-SP), Tadeu Pedro Drago (GOE-RS), Aldino Brasil Souza (Glemt-RO), Alexandre Modesto Braune (Glemt-TO), Cassiano Teixeira de Moraes (Glemt-DF), Edilson de Oliveira (Glemt-MG), Fernando Alvares Zamora (Glemt-AC), Marcelo Barbosa Peixoto (Glemt-AM), Sergio Cordeiro Santiago (Glemt-RR), Wagner Augusto Andreasi (Glemt-MS), Ulisses Barreto Teixeira (Glemt-AP) e Walter Alves Noronha (Glemt-ES).

A organização da CMI está dividida em 6 Zonas:

Zona 1 – Grande Loja do Distrito de Colúmbia (EUA) e 14 Grandes Lojas Mexicanas.

Zona 2 – Grande Loja de Cuba, Grande Loja Nacional Francesa (França), Grande Oriente do Haiti de 1824, Grande Loja Soberana de Maçons Livre e Aceitos de Porto Rico e Grande Loja da República Dominicana.

Zona 3 – Grandes Lojas da Costa Rica, Guatemala, Panamá, Honduras, Grande Loja Cuscatlán de El Salvador e Soberana Grande Loja Simbólica de Nicarágua.

Zona 4 – Grande Loja da República da Venezuela, Grande Loja do Equador e Grande Loja Equinocial do Equador, além de 6 Grandes Lojas da Colômbia.

Zona 5 – Grandes Lojas Brasileiras filiadas a CMSB e a COMAB:

CMSB – Grandes Lojas Maçônicas dos Estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins.

COMAB – Grandes Orientes dos Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Paulista, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Bahia.

Zona 6 – Grande Oriente do Brasil, Grandes Lojas da Argentina, Bolívia, Chile, da Espanha, Simbólica do Paraguai, do Peru, do Uruguai e a Grande Loja Legal de Portugal.