Conferência Mundial busca aproximar Maçonaria da sociedade

22 de novembro de 2018

Geraldo Macedo representou a GLEMT

A Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso (Glemt) deu mais um importante passo nas suas relações internacionais com a participação efetiva na XVI Conferência Mundial da Maçonaria Regular das Grandes Lojas, realizada na Cidade do Panamá de 15 a 18 de novembro. O evento foi organizado pela Grande Loja do Panamá com o tema "Conectando os Oceanos e o Mundo". Para o grão-mestre da Glemt, que representou Mato Grosso na conferência, Geraldo de Souza Macedo, a discussão tratou da globalização nas relações humanas. “É fundamental entrar nesse processo, que é sem volta. Nesse contexto, as propostas que apresentamos à Maçonaria Executiva estão em sintonia com o que está sendo praticado em todo o Mundo”, avaliou Geraldo.

O evento, que reuniu maçons de todas as partes do Planeta na cidade do Panamá, também discutiu temas atuais como ‘O papel da Maçonaria e dos Maçons individualmente na sociedade’

Maçonaria

 A conferência que reuniu maçons de todas as partes do Planeta também discutiu temas atuais como “O papel da Maçonaria e dos Maçons individualmente na sociedade”, “O modelo maçônico de transformação interna do indivíduo” e “Ação Maçônica contra a desigualdade”. “São temas que os obreiros só irão praticá-los sem participar efetivamente da vida social, econômica e política não apenas como cidadão anônimo, mas como maçom. É preciso agir, dizer que é maçom e que não está só nessa investida que é de todos”, completou Geraldo Macedo. para o grão-mestre da Glemt, nesse contexto passam discussões referentas à educação, segurança, saúde, direitos humanos, o fim da corrupção e a inserção do maçom na política como representante da sociedade e não apenas como eleitor. "Se queremos melhorar o Mundo, não há outro caminho mais apropriado e constitucional que não seja o da política. Não podemos mais ser apenas meros espectadores", cobrou Geraldo Macedo.

Geraldo Macedo com Thomas Jackson, presidente honorário da Conferência Mundial e Roberto Cueto Cisceros, grão-mestre da Grande Loja do panamá

O grão-mestre da Glemt lembrou que, recentemente, proferiu a palestra “Maçonaria Executiva” em todas as regiões de Mato Grosso, restando poucas cidades a serem visitadas. “Mostramos a relevância do maçom entender e participar sugerindo soluções às temáticas que envolvem a sociedade, além de trazer os movimentos organizados e os gestores públicos para também prestarem contas para os maçons. Assim, poderemos atuar positivamente e com mais reconhecimento. Só vamos ajudar a encaminhar soluções se sairmos das quatro paredes”, explicou. Para Geraldo, a educação recebida pelo maçom deve exalar na sociedade os conceitos de liberdade, respeito, cidadania e igualdade, principalmente.

Na ocasião, Oscar de Alfonso Ortega foi eleito Secretário-Executivo da Conferência Mundial da Maçonaria Regular. Ele é Grão-Mestre da Espanha e ex-presidente da Confederação da Maçonaria Interamericana ICMI), e esteve em Mato Grosso a convite do grão-mestre da Glemt, Geraldo Macedo, que também preside a Zona 5 da CMI.

A próxima conferência acontecerá em maio de 2020 na cidade de Jerusalém, Israel.