Grão-Mestre Geraldo Macedo presente no Banquete Ritualístico do GOEMT

06 de setembro de 2019

O Sereníssimo Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso (GLEMT), irmão Geraldo de Souza Macedo, participou do Banquete Ritualísico realizado pelo Grande Oriente do Estado de Mato Grosso (GOEMT). O evento foi realizado em comemoração ao Dia do Maçom, com a participacao das lojas simbólicas de Cuiabá e Várzea Grande.

 

“Os Banquetes Maçônicos devem realizar-se, preferencialmente, nos edifícios maçônicos, em locais apropriados; entretanto, podem ter lugar em outro qualquer edifício, contanto que tudo se disponha de modo que de fora do recinto nada se possa ver ou ouvir, isto é, completamente coberto das vistas e dos ouvidos de profanos.

O Banquete Maçônico é uma tradição antiga que não convém romper. Todas as LLoj.’., devem, ao menos uma vez por ano, reunir seus membros em torno de uma Mesa Fraternal. A melhor época para essas reuniões é o Solstício de Inverno (fenômeno astronômico usado para marcar o início do inverno. Ocorre normalmente por volta do dia 21 de junho no hemisfério sul e 22 de dezembro no hemisfério norte).

Antes do início dos trabalhos o Ven.’. Mestre tem por obrigação esclarecer quanto à Bateria do Grau de Aprendiz do Rito praticado pela Loja, tendo em vista que poderão estar participando IIr.’. de outros Ritos.

Ressaltará, ainda, que para que o ágape transcorra com paz e harmonia, é necessário que todos observem algumas regras. Ao seu comando de: I) Sentemo-nos! – Todos devem sentar-se de forma silenciosa e ordenada; II) Solicito o obséquio de permanecermos em silêncio e sentados! – Todos devem manterem-se em silêncio e com atenção aos próximos comandos do Venerável; III) Vamos iniciar o serviço! – Todos devem aguardar que sejam servidas as telhas (pratos), e inicia-se a degustação.

A sessão de Loja de Mesa jamais poderia estar incluída no rol das sessões ordinárias previstas no RGF, porquanto, sempre foi uma sessão especial; não é ordinária, não é magna e não é pública. A Loja de Mesa, na qual se desenvolve o banquete ritualístico ou banquete maçônico é realizada fora do Templo, em volta de uma mesa em forma de ferradura, que se desenvolve com base num ritual especial, onde são servidas comidas e bebidas alcoólicas, onde há momentos formais e momentos informais; onde são feitos brindes, sendo possível a apresentação de canto, música, declamação e outras manifestações culturais (Helio P. Leite ´Autor do Livro Banquete Maçônico – Origens, Preparação & Ritualística).

Grande Loja do Estado de Mato Grosso
Emitido em 22/09/2019 01:34